Análise completa do sêmen

A análise do sêmen é um dos primeiros exames solicitados para avaliar a fertilidade masculina. Nos dias atuais, esta análise vai muito além de um simples espermograma. Ela engloba uma série de testes que avaliam o potencial de fecundidade dos espermatozoides. Para realizá-la, solicita-se a abstenção da atividade sexual ou masturbação por um período de 48 a 72 horas. O método ideal para a coleta da amostra de sêmen é a masturbação, numa sala apropriada anexa ao laboratório. O frasco para a coleta deve ser fornecido pelo laboratório, o qual deve ser de boca larga e de material previamente testado quanto à toxicidade para a motilidade espermática.

A coleta domiciliar segue as mesmas orientações, porém o frasco deverá ser mantido próximo ao corpo durante o transporte até o laboratório, para diminuir as variações térmicas, e o espécime deverá ser examinado dentro de 1 hora da coleta. Situações especiais podem ser contornadas, como a coleta durante o ato sexual, utilizando-se preservativos atóxicos, vibroestimulação ou eletroejaculação nos homens com trauma de medula espinhal, e na ejaculação retrógrada.

A análise completa do sêmen inclui os seguintes exames e testes:

1- Espermograma
2- Morfologia Estrita
3- Teste Hipo-Osmótico (THO)
4- Determinação de Leucócitos no Sêmen
5- Reação Acrossômica.

Última alteração: Março 2013 – Aprovada por: Dr Sandro Esteves, Diretor Clínico