REVERSÃO DA VASECTOMIA

 

A vasectomia é um método simples e seguro de controle de natalidade, que tem sido utilizado por cerca de 5 a 20% dos homens, dependendo do País estudado. Entretanto, com o aumento das taxas de divórcio em alguns países, o desejo por filhos numa nova união faz com que muitos homens arrependam-se por terem realizado a vasectomia.

 

É importante que se saiba que a vasectomia pode ser revertida. O primeiro procedimento deste tipo foi realizado em 1919. Nesta época ainda não havia microcirurgia, e os procedimentos eram realizados a olho nu. Após a microcirurgia, os índices de sucesso da reversão de vasectomia aumentaram significativamente. Nos dias de hoje, os grandes especialistas da área somente realizam a reversão com auxílio da técnica microcirúrgica. Os excelentes resultados com a reversão de vasectomia que serão apresentados a seguir só foram possíveis graças ao auxílio da microcirurgia.

 

Hoje em dia, além da reversão, existe outra opção para estes homens, que é a fertilização "in vitro" com os espermatozóides aspiração diretamente do epidídimo. 

 

Apesar de muitos especialistas argumentarem que a reversão e a fertilização são procedimentos competitivos, na verdade não o são. Existe lugar para ambos, pois há situações claras em que um é superior ao outro.


Androfert - Centro de Referência para Reprodução Masculina - Todos os Direiros Reservados