Análise Bioquímica do Sêmen

 

O sêmen não é composto apenas por espermatozóides. Na verdade, estes representam a menor parte.

 

O líquido que transporta os espermatozóides (plasma seminal) é produzido por glândulas, chamadas vesículas seminais, e também pela próstata. Este líquido contém várias substâncias, que são importantes para conservar os espermatozóides. A falta destas substâncias pode diminuir a qualidade do sêmen.

 

Embora existam testes para a determinação destes marcadores, não se sabe ainda ao certo o papel de cada uma delas. Exceção a esta regra é a determinação da frutose, um açúcar presente no plasma seminal, que consiste na fonte de energia para os espermatozóides.

 

A frutose pode estar ausente ou diminuída em várias condições que causam infertilidade masculina.

 

A ausência de frutose pode indicar a ausência congênita bilateral dos canais deferentes ou a obstrução bilateral dos ductos ejaculadores.


Androfert - Centro de Referência para Reprodução Masculina - Todos os Direiros Reservados